O Direito no Gramado

Este livro foi realizada pelo esforço do autor e sua vontade de disponibilizar uma obra de qualidade de forma gratuita, desvinculando-a de editoras para que o livro pudesse chegar ao leitor sem custo ou com o menor preço possível. O conhecimento não deve ser monetizado, comprado e vendido como um produto. Acredito que quanto mais livre for o acesso, melhor. Espero que os leitores aproveitem o livro e, se possível, mande sua opinião, este é o verdadeiro pagamento que se pode esperar. O livro foi escrito em 2016, então carece de atualizações, as quais espero realizar o quanto antes.

capa livro direito no gramadoO Direito no Gramado

Altas Cortes e Criminosos Nazistas

 

cropped-capa-altas-cortes-jpg1.jpg

Aqui você encontra o meu livro, Altas Cortes e Criminosos Nazistas: o processo decisório em uma análise histórico-jurídica para download gratuito. Espero que aprecie a leitura e que depois me diga o que achou.

Altas Cortes e Criminosos Nazistas PDF

Se você tiver interesse em ler o livro no seu Kindle pode comprar ele no site da Amazon por R$ 1,99, já que a loja não permite que se coloque produtos gratuitos, link aqui:

Amazon

Já se você for do tipo de pessoa que é louco por cheiro de livro novo, pode também adquirir a versão impressa diretamente com a Editora através do link abaixo:

Gramma Editora

Sobre o Livro

A presente obra pretende analisar e compreender o processo decisório dos julgadores em dois casos de pedidos de extradição contra criminosos nazistas. O primeiro diz respeito a Gustav Wagner, ex-membro da Schutzstaffel (SS) e segundo em comando no campo de extermínio de Sobibor, onde foi responsável, direta ou indiretamente, pelo assassinato de centenas de milhares de pessoas de origem judaica. Após a Segunda Guerra Mundial Wagner fugiu da Europa e chegou ao Brasil na década de 1950, sendo descoberto e sofrendo pedidos de extradição julgados pelo Supremo Tribunal Federal entre 1978 e 1979, decidindo o Tribunal, por maioria, negar a extradição do nazista. O segundo caso é referente a Erich Priebke, ex-membro da SS que exerceu atividades em Roma durante a Segunda Guerra Mundial e tomou parte no assassinato de 335 civis italianos no que ficou conhecido como o “massacre das Fossas Ardeatinas”. Depois de ser detido Priebke fugiu da Europa passando a viver na Argentina, sendo descoberto em 1994 e tendo sua extradição solicitada pela República da Itália. O pedido de extradição chegou à Corte Suprema de Justicia de la Nación em 1995 e foi deferido pela maioria dos julgadores. As semelhanças entre os casos e os desfechos diversos gerou o questionamento acerca dos motivos que influenciaram o processo decisório dos julgadores. O autor traz elementos do direito e da ciência política para sua pesquisa na área da história, introduzindo um instrumento científico para a análise do processo decisório e das decisões judiciais: a prática histórico-jurídica.